4 comentários sobre “Levantamento sobre a produção em BIM no ENTAC 2014 – Repercussão e considerações

  1. thephysicist says:

    Oi João!

    Provavelmente serei o primeiro a comentar. É o fuso horário!

    Parabéns pelo esforço, no que eu puder ajudar, irei. Vou procurar aqui no Japão informações sobre a produção de artigos acadêmicos sobre BIM. Existem muitos eventos (congressos, seminários, etc.) aqui, mas tem um que é maior e mais abrangente, e irei procurar informações. Acho que seria interessante comparar o que está acontecendo aí com o que está acontecendo aqui no Japão.

    Sobre o índice de colaboração interinstitucional, é realmente bem pequeno. Seria interessante comparar com outros eventos. Eu fiz parte de um grupo de pesquisa no Brasil que envolvia várias instituições. Cada instituição contribuía em uma área em particular, mas não colaborávamos para produzir artigos em conjunto. Eu também tenho a impressão que este índice seja pequeno mesmo, na área de arquitetura.

    Bom trabalho!

  2. oi, João, que legal que se animou a procurar informações sobre o que acontece por aí. Por que você não faz um texto, eu convido você como autor, e você posta? seria muito bom!
    Quanto à colaboração entre instituições, é uma pena que não seja uma realidade mais presente, não?

    Abraços!

  3. thephysicist says:

    Oi João!

    Pode ser, é uma boa idéia. Eu primeiro preciso achar o anal do evento em questão. Infelizmente é pago e é caro, mas felizmente meu ex-orientador recebe todo ano. Eu posso pedir para ele para eu dar uma olhada (ainda bem que estamos na mesma cidade) ou até mesmo pegar emprestado. Este evento aconteceu em Setembro do ano passado, e o deste ano será no mesmo mês.

    Pois é, que pena que é tão pequena a colaboração entre instituições na área de arquitetura. Não faltam oportunidades para interação, com tantos eventos e grupos de pesquisa.

    Abraço!

  4. thephysicist says:

    Gostaria de me retratar. Acho que não existe “anal” de congresso, e sim Anais. Ooops…

Gostou? Deixe seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.