Eventos

O primeiro encontro – parte IV – Levantamento da produção acadêmica sobre BIM no ENTAC 2014

A ideia de fazer um levantamento estatístico para entender como a produção acadêmica sobre BIM no ENTAC 2014 se relaciona com o total da produção apresentada no evento nasceu a partir da observação de um slide da apresentação do prof. Arto Kiviniemi, durante o próprio ENTAC 2014. Trata-se de um gráfico onde o Brasil aparece como tendo 7% de suas publicações (dentro do escopo da AEC) relacionadas a BIM. Além de ter a curiosidade de verificar se, dentro do ENTAC 2014, teríamos uma taxa semelhante, também me veio a cabeça a ideia de pesquisar outras informações a respeito do tema, e que divulgo neste post, conforme prometi no primeiro artigo desta série. Os dados que sustentam as informações divulgadas a seguir foram extraídos e compilados do documento “XV Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído: Avanços no desempenho das construções – pesquisa, inovação e capacitação profissional“, disponível para download gratuito no site do evento. Para completar essa extensa tarefa, contei com a ajuda do arquiteto Alexandre Villares, meu sócio no TI Lab, e da arquiteta Nashalyn Casagrande, que também trabalha no TI Lab. Quem quiser ter uma cópia do arquivo em Excel onde as informações estão tabuladas, para checar o nosso trabalho ou para fazer novas análises, é só entrar em contato comigo. Espero que estas informações, organizadas do modo como fizemos, possam servir de referência para todos aqueles que se interessam sobre o tema BIM e como ele está inserido dentro da nossa produção acadêmica, tendo como referência o ENTAC 2014. A pesquisa foi organizada em 8 seções:

Seção 1 – Qual a porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM?

Seção 2 – Qual a distribuição, por TEMA, dos artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM?

Seção 3 – Qual a porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM, dentro de cada TEMA?

Seção 4 – Distribuição, por estado, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM

Seção 5 – Distribuição, por Universidade, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM

Seção 6 – Colaboração entre pesquisadores em um mesmo artigo sobre BIM vinculados à uma ou mais universidades

Seção 7 – Lista das palavras-chave encontradas em todos os artigos relacionados a BIM

Seção 8 – Pesquisadores que participaram de publicações de artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014

Seção 1 – Qual a porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM? Para responder a essa pergunta, foi feita uma pesquisa com diversos termos que acreditamos estarem relacionados a BIM. Os termos foram pesquisados nos títulos dos artigos, entre as palavras-chave e no próprio corpo do texto. Os resultados podem ser vistos na Tabela 1.

Tabela 1 - Porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM
Tabela 1 – Porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM. Clique para ampliar.

Como é possível perceber, encontramos termos relacionados a BIM em 4% dos títulos e em 4% das palavras -chave. No corpo dos textos, encontramos “termos BIM” em 6% dos artigos, o que é uma taxa muito próxima à citada pelo prof. Kiviniemi. Os termos procurados foram: BIM, Bulding Information Modeling, Modelagem paramétrica, Modelagem da informação da construção, TIC, Tecnologia da Informação da Construção, Integrated Project Delivery, Revit, ArchiCAD, nível de detalhe e nível de maturidade.

Seção 2 – Qual a distribuição, por TEMA, dos artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM? Uma vez que o ENTAC 2014 usou 11 Temas para organizar os artigos, utilizamos a mesma categorização para descobrir que em quais Temas existem artigos relacionados a BIM no corpo de texto, e em qual Tema há a maior concentração de artigos com “termos BIM” (Tabela 2). O Tema “Tecnologia da informação e comunicação” reuniu 50% de todos os artigos com termos BIM do ENTAC 2014. Em 7 temas não foi encontrado nenhum artigo relacionado a BIM.

Tabela 2 - Distribuição, por TEMA, dos artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM
Tabela 2 – Distribuição, por TEMA, dos artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM. Clique para ampliar

Seção 3 – Qual a porcentagem de artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM, dentro de cada TEMA? Dentro dos quatro Temas que contém artigos relacionados a BIM, decidimos pesquisar a porcentagem de artigos com termos BIM em cada um deles, como mostra a Tabela 3. Observa-se que, dentro do Tema Tecnologia da Informação e Comunicação, 61% dos artigos fazem referência a BIM. Nos demais temas, a taxa varia entre 9% e 10%.

Tabela 3 - Artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM, em cada TEMA. Clique para ampliar.
Tabela 3 – Artigos onde há ocorrência de termos relacionados a BIM, em cada TEMA. Clique para ampliar.

Seção 4 – Distribuição, por estado, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM Os artigos com termos BIM foram escritos por pesquisadores vinculados a universidades de 9 estados brasileiros (Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo), além de uma instituição estrangeira. Nem o Distrito Federal, nem outros 18 estados brasileiros tiveram artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014, como pode ser visto na Tabela 4. É importante notar que, para a montagem da tabela, levamos em consideração o critério de que cada contribuição (mesmo que seja do mesmo autor) para cada artigo é contada como valor 1. Assim, um pesquisador que contribuiu em 3 artigos, por exemplo, contou 3 vezes para o estado onde tem vinculação acadêmica.

Tabela 4 -Distribuição, por estado, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM. Clique para ampliar.
Tabela 4 -Distribuição, por estado, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM. Clique para ampliar.

Seção 5 – Distribuição, por Universidade, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM Os pesquisadores que publicaram artigos com termos BIM estão vinculados a 15 universidades brasileiras e uma universidade estrangeira (Tabela 5). Entre as brasileiras, a USP aparece com a maior parte de autores vinculados (17%), seguida pela UNICAMP e UFRGS. Ainda entre as brasileiras, a UPM (Mackenzie) é a única instituição privada que aparece na lista. A instituição estrangeira é a University of Huddersfield, que fica na Inglaterra. Assim como na tabela anterior, para a montagem desta tabela, levamos em consideração o critério de que cada contribuição (mesmo que seja do mesmo autor) para cada artigo é contada como valor 1. Assim, um pesquisador que contribuiu em 3 artigos, por exemplo, contou 3 vezes para a universidade onde tem vinculação acadêmica.

Tabela 5 - Distribuição, por Universidade, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM. Clique para ampliar.
Tabela 5 – Distribuição, por Universidade, dos pesquisadores que contribuíram com os artigos relacionados a BIM. Clique para ampliar.

Seção 6 – Colaboração entre pesquisadores em um mesmo artigo sobre BIM vinculados à uma ou mais universidades Nesta etapa da pesquisa, decidimos investigar a quantidade de artigos com termos BIM que foram escritos por colaboradores de uma mesma universidade, e quantos foram escritos por parceiros vinculados a universidades diferentes, como se observa na Tabela 6. Encontramos apenas 3 parcerias: uma entre pesquisadores USP-UFPE, outra entre USP-UEL, e a terceira entre UFRGS-HUD(UK). Os outros artigos foram produzidos por pesquisadores de uma mesma universidade.

Tabela 6 - Colaboração entre Universidades em artigos sobre BIM. Clique para ampliar.
Tabela 6 – Colaboração entre Universidades em artigos sobre BIM. Clique para ampliar.

Seção 7 – Lista das palavras-chave encontradas em todos os artigos relacionados a BIM Depois de usar a nossa própria lista de termos para encontrar artigos relacionados a BIM, percebemos que seria interessante elencar quais palavras-chave foram utilizadas pelos pesquisadores, de modo geral, nos artigos com termos BIM (Tabela 7). Assim é possível ter uma ideia de como se estabelece a relação entre a BIM e outros assuntos dentro da produção apresentada pelos pesquisadores do ENTAC 2014.

Lista das palavras-chave encontradas em todos os artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014 Quantidade de artigos em que a palavra-chave foi encontrada
BIM 9
Processo de Projeto 4
Building Information Modeling (BIM) 3
Modelagem da Informação da Construção 2
Construção Enxuta 2
TIC 2
Perdas 2
Building Information Modeling 2
código de edificação 1
Automação de regras 1
Avaliação Automática 1
Compatibilização 1
Modelo de coordenação de projetos 1
Avaliação Pós-Ocupação 1
Revit® API 1
Controle Integrado 1
Sistema Last Planner 1
Coordenação 1
Modelagem Integrada do Edifício 1
Custeio-meta 1
Nível de detalhe 1
Engenharia Civil 1
Qualidade do projeto 1
Ensino 1
SOLIBRI 1
Ensino de BIM 1
Orçamentação 1
Escritório de coordenação de projetos 1
Modelagem da Informação 1
Espaços Interativos 1
Modelagem de Dados 1
Gerenciamento de projetos 1
Modelagem Paramétrica 1
Gestão da informação 1
Nível de desenvolvimento 1
Gestão do processo de projeto 1
CAD 1
Planejamento e Controle da Produção 1
Processo de projeto de edifícios 1
Impacto 1
Projetos de edificações 1
Implementação BIM 1
Reuniões de Coordenação de Projetos 1
Tecnologia da Informação na Construção 1
Sistemas Prediais Hidráulicos Sanitários 1
Tipos de contratação 1
Systematic Literature Review 1
Verificação de requisitos 1
Computer-aided design CAD 1
Integrated Project Delivery 1
Valor desejado 1
Interdisciplinaridade 1
Visualização 1
Lean design management 1
Modificações de projeto 1
Levantamento de Quantitativos 1
Projetos industriais 1
Maturidade 1
Arquitetura e Urbanismo 1
Métodos de entrega de projeto 1
TOTALl 78

  Seção 8 – Pesquisadores que participaram de publicações de artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014 Por fim, fizemos uma tabela em que estão citados todos os pesquisadores que colaboraram na produção dos artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014. A lista foi ordenada por pesquisadores com mais contribuições, e para cada ordenação subsequente não nenhum critério de ordenação, nem mesmo alfabético. Os professores Eduardo Toledo dos Santos e Silvio Melhado, da USP, aparecem com 3 contribuições cada; Regina Ruschel, da UNICAMP, e Carlos Torres Formoso, da UFRGS, participam de 2 artigos. Os demais participam em um artigo cada, como é possível ver na Tabela 8. Um total de 59 pesquisadores colaboraram com artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014.

Pesquisadores que participaram de publicações de artigos relacionados a BIM no ENTAC 2014 Quantidade de contribuições em artigos relacionados a BIM, por pesquisador
Eduardo Toledo Santos 3
Silvio Melhado 3
Carlos Formoso 2
Regina Ruschel 2
Carolina Costa 1
Marco Aurélio Stumpf Gonzáles 1
Tatiana Gondim do Amaral 1
Cibeli Leão 1
Marlon Camara Garrido 1
Cristina Matsunanga 1
Sérgio Scheer 1
Cristine Mutti 1
Vinícius Carrião dos Santos 1
Daniel Cardoso 1
Maria Bernardete Barison 1
Daniela Albuquerque 1
Mayra Mororó 1
Danilo Gonçalves Batista 1
Rosana da Silva Fernandes 1
Débora De Gois Santos 1
Carina Cardoso 1
Deborah Lins 1
Ticiana Avila 1
Eduardo Isatto 1
Adriano De Alencar Sales 1
Alexandre Lima 1
Marcos Borges 1
Fernanda J. Chaves 1
Marina Ilha 1
Fernando Oliveira 1
Max Andrade 1
Ingrid Pereira 1
Miriam Addor 1
Patrícia Tzortzopoulos 1
Ricardo Mendes Junior 1
Ivna Campos 1
Roberto Oliveira 1
José Costa 1
Sergio Roberto Leusin Amorim 1
José de Paula Barros Neto 1
Sheyla Mara B. Serra 1
Silvia Maria Soares de Araujo Pereira 1
Solange Staut 1
Joyce Paula Martin Delatorre 1
Tássia Silva 1
Leonardo Manzione 1
Tiago Francisco Campestrini 1
Lisiane Librelotto 1
Victor Hugo Godoy Do Nascimento 1
Lucila Sommer 1
Wilson Florio 1
Marcel Kater 1
Marcelo Maciel 1
TOTAL 59

Gostaria de deixar claro que as informações sobre os nomes dos pesquisadores são públicas e estão em outros lugares da Internet (como, por exemplo, no site do ENTAC 2014), além deste site; em todo o caso, se você aparece nesta lista e não quer seu nome nela, basta entrar em contato comigo e eu retiro. Bom, com este artigo, eu encerro a sequência de posts sobre o ENTAC 2014. A intenção é produzir, se possível, outros relatórios como esse nos demais eventos acadêmicos brasileiros importantes, para que saibamos como o tema BIM está se desenvolvendo na academia brasileira.

E o som do post? O som do post fica por conta do Chico Science e Nação Zumbi, com “Da lama ao caos”   http://www.youtube.com/watch?v=es2re443z4k

Posts relacionados

6 Comments
Share

Joao Gaspar

Arquiteto formado pela FAU-USP em 1999. Mestrando no Programa de Pós-Graduação Arquitetura, Tecnologia e Cidade, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é um dos fundadores e o atual diretor do TI Lab, centro de treinamento especializado em modelagem 3D e BIM, com cursos orientados ao mercado AEC. Secretário da comissão de estudos especiais 134 da ABNT, responsável pelas normas BIM brasileiras, Gaspar ministra palestras sobre BIM, modelagem 3D, renderização, fabricação digital e outros temas relacionados à tecnologia aplicada à arquitetura, urbanismo e design, e também promove oficinas hands-on de diversos softwares em diversas faculdades e eventos pelo Brasil.

6 Comments

  1. Levantamento sobre a produção em BIM no ENTAC 2014 – Repercussão e considerações | O BIM e o mar
    26/02/2015 at 10:06 am

    […] post anterior apresentei um levantamento estatístico sobre a produção acadêmica relacionada ao BIM no ENTAC 2014. A pesquisa foi feita a partir dos anais do evento, coordenada e produzida por mim, com a ajuda da […]

  2. Cleandro Nilson
    27/01/2015 at 7:51 pm

    João, parabéns pelo seu trabalho.

    Fico surpreso com artigos brasileiros, muito impressionado, na verdade.

    Contudo é um novo universo de oportunidades que temos pela frente, principalmente para quem gosta de tecnologia e busca soluções inovadoras para a indústria.

    Abraços.

    • arqjoaogaspar
      27/01/2015 at 10:43 pm

      Oi, Cleandro, tudo bom? Muito legal você passar por aqui.
      Em quantidade, temos um número de artigos sobre BIM em relação ao total de artigos; a relação também é boa, se a gente compara com outros países.
      Espero que, com o tempo, tenhamos cada vez mais inovação sendo apresentada nos artigos sobre BIM que virão, certo?
      Um abraço!

  3. thephysicist
    27/01/2015 at 2:10 am

    Oi Joao!

    Muito legal estas informações sobre BIM no Brasil. Parabéns pelo trabalho. Eu tenho alguns comentários a fazer sobre os resultados apresentados.

    Estou surpreso que duas universidades do nordeste estão produzindo mais artigos acadêmicos sobre BIM que outras universidades do sudeste e sul. Interessante.

    O fato do Brasil ser o segundo país que mais publica sobre o BIM (dentro dos critérios apresentados) é interessante também. Não sei os detalhes da pesquisa, mas se for verdade, acredito que seja uma produção mais superficial que a de outros países que utilizam o BIM na prática (EUA, UEA, Singapura, entre outros).

    Na minha opinião, o Brasil tem mais “profetas” do BIM que em outros países. Pessoas que publicam e discursam sobre o assunto sem contudo dominar o uso de ferramentas ou ter experiência na execução de projetos com base no BIM. São artigos e discursos puramente acadêmicos. Não vejo mal nisto, apenas tento colocar as coisas em seus devidos lugares.

    • arqjoaogaspar
      27/01/2015 at 11:42 am

      Oi, João, tudo bom?

      Achei muito interessantes as suas colocações. Realmente é bom saber que o Nordeste tem pesquisa em BIM publicada no ENTAC. Por outro lado é assustador que a grande maioria dos estados e das universidades brasileiras não apresentaram nada (ou não tiveram nenhum trabalho aprovado, o que é igualmente ruim). Quanto à pesquisa em instituições privadas, então, nem se fala.
      Quanto ao conteúdo das pesquisas, acredito que você tem uma certa razão, mas isso é tema para outro artigo 🙂
      Em relação aos profetas de BIM, também acho que existem muitos por aí, e eles tem sua função. Acredito que, com o tempo e o desenvolvimento das pesquisas, teremos mais especialistas de ofício.

      Sempre legal você por aqui.
      Abraços!

  4. O primeiro encontro – parte I | O BIM e o mar
    26/01/2015 at 3:39 pm

    […] de algumas das informações que lá estão, com o objetivo de responder, estatisticamente, como o tema BIM está inserido na produção científica contemporânea brasileira (dentro do escopo deste evento, claro). Acho que já deu para entender que esse post vai se […]

Reply your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.